Fitembal

Teste

Cinta Plástica PET

As Cintas PET são feitas de poliéster de grande qualidade, o que permite cumprir as normas de embalagens industriais.

O poliéster não perde suas características sob alta temperatura, a influência de UV ou más condições atmosféricas.

A força de quebra das cintas PET é semelhante ao da banda de aço.

As aplicações das cintas de PET são variadas, por exemplo:

- Na indústria - para embalagem manual e automático, para paletização;
- Na indústria da madeira;
- Para amarrar fardos de madeira e pisos de madeira;
- Na indústria de móveis;
- Para embalagem de móveis;
- Na indústria da construção;
- Para a embalagem de cubos de pedra e asfalto, telhas e outras peças;
- Na indústria de papel;
- A gravata de papel, cartão e papelão;
- Para proteger as cargas durante o transporte um adesivo que se retira : elas são reutilizáveis e não deixam nenhum traço de adesivo após a descolagem.

Características Técnicas

- Efeito elástico
- Permite alcançar grandes tensionamentos, garantindo sempre grande fiabilidade
- Grande força de tensão e alto alongamento e absorção de impactos durante o transporte e manuseio da carga
- Absorve maior força de choque. Alta absorção de choque em caso de impacto durante o transporte menor pressão nos cantos da embalagem
- A tensão na cinta permanece, caso o volume da embalagem diminua durante o transporte(madeira a secar, barras de aço acomodadas, fardos de desperdicios, etc)
- O poliester é mais económico (Redução no gasto com material)
- Menor risco de acidentes em caso de ruptura da cinta, o manuseamento do aço é perigoso, o que não acontece com o Pet
- Mais fácil manusear. Manuseio mais fácil em comparação com a fita de aço
- O poliester não sofre corrosão
- Resistentes aos raios UV e à humidade
- Por vezes, evita a utilização de cantoneiras
- Não deixa marcas no produto embalado
- Mais metros por bobine, menos mudanças
- Com aplicações nas mais variadas áreas da indústria

© Fitembal 2016. Todos os direitos reservados

To Top